O processo de formação docente pela escrita do relatório de estágio

  • Sulemi Fabiano-Campos Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Katia Cilene Ferreira França Universidade Federal do Maranhão
Palabras clave: relatório de estágio, professor em formação, discurso outro

Resumen

Neste trabalho, nosso objetivo consiste em realizar uma análise sobre o modo como estagiários do curso de Letras mobilizam o discurso outro para fundamentar teoricamente a escrita do relatório de estágio. A discussão que propomos parte da concepção de que o relatório é um enunciado produzido como uma atividade responsiva sobre o processo formativo de futuros professores de língua materna, sobre os modos como os estagiários compreendem pontos de vista teóricos e como os relacionam com a realidade observada na sala de aula. Para a análise proposta, nos apoiamos na concepção de Bakhtin/Volóchinov (2006) sobre linguagem como atividade dialógica e sobre o discurso outro na produção de enunciados. Nosso objeto de análise são relatórios, produzidos em diferentes etapas do estágio curricular, diferentes escritas e espaços-tempos que nos ajudam a pensar sobre os deslocamentos de alunos ao mobilizar a palavra alheia para a construção e comentário real a partir dos sentidos que carrega.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor

Sulemi Fabiano-Campos, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Doutora em Linguística. Professora do Departamento de Letras e do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem (PPgEL), líder do Grupo de Pesquisa em Estudos do Texto e do Discurso (GETED) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisa Produção Escrita e Psicanálise – GEPPEP. Pesquisadora do projeto

Katia Cilene Ferreira França, Universidade Federal do Maranhão

Doutora em Estudos da Linguagem. Professora do curso de Linguagens e Códigos – Língua Portuguesa, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Líder do Grupo de Estudos Escrita e Produção de Saberes (GETED), membro do Grupo de Pesquisa em Estudos do Texto e do Discurso (GETED) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Citas

Bachelard, G. (1996). A formação do espírito científico: contribuição para uma psicanálise do conhecimento. Rio de Janeiro: Contraponto.
Bakhtin, M. (2014). A pessoa que fala no romance. In: BAKHTIN, Mikhail. Questões de literatura e de estética: a teoria do romance. 7. ed. São Paulo: Hucitec Editora.
______. (2015). Discurso em Dostoievsky. In: BAKHTIN, Mikhail. Problemas da poética de Dostoiévski. 5. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária.
Bakhtin, M; Volóchinov, V. N. (2015). Discurso na vida e discurso na arte: sobre poética sociológica. Disponível em: www.uesb.br/ppgcel/Discurso-Na-Vida-Discurso-Na-Arte.pdf
______. (2006). Marxismo e filosofia da linguagem. 12. ed. São Paulo: HUCITEC.
Brasil. Ministério da Educação. (2015). Conselho Nacional de Educação. Resolução Nº 2, de 1º julho de 2015. Brasília, DF. Disponível em: http://pronacampo.mec.gov.br/images/pdf/res_cne_cp_02_03072015.pdf
Geraldi, J. W. (2010). A aula como acontecimento. São Carlos: Pedro & João Editores.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte. (2008). Manual do estagiário. Natal: UFRN.
Publicado
2020-12-16
Cómo citar
Fabiano-Campos, S., & Ferreira França, K. (2020). O processo de formação docente pela escrita do relatório de estágio. Revista Ensayos Pedagógicos, 81-98. https://doi.org/10.15359/rep.esp-20-1.4

Comentarios (ver términos de uso)