DESMATAMENTO EM MATO GROSSO: UMA ANÁLISE DO PROCESSO NO MUNICÍPIO DE BRASNORTE

  • Lidiani Carla Zerwes Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT
  • Lunalva Moura Schwenk Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT
Palabras clave: desmatamento em mato grosso, análise do processo

Resumen

O presente trabalho intitulado como “Desmatamento em Mato Grosso: uma analise do processo no município de Brasnorte” trata da evolução do desmatamento no período de 1996 a 2009, incluindo a ocupação nas Terras Indígenas. O mapeamento se deu através de vetorização das áreas desmatadas nas imagens de satélite Landsat TM5, georreferenciadas, resolução de 30m, utilizando do software ArcMap versão 9.3 e transformados em shapes. Obteve-se então mapas de desmatamento da área total do município, bem como de cada reserva indígena em cada período mencionado. Observou-se que o processo de desmatamento está atrelado ao avanço da fronteira agrícola e das áreas de pastagens, além da extração da madeira para fins comerciais no abastecimento das indústrias madeireiras. Desta forma o município apresenta um desenvolvimento econômico em detrimento de prejuízos causados ao meio ambiente e agressões às Áreas de Preservação Permanente e Reserva Legal. Em 1996 a área total do município apresentava um uso e ocupação de 29,48% e no final de 2009 de 46,46% adentrando Terras Índígenas. Observou-se que, com uma maior fiscalização e controle do desmatamento houve o processo de consolidação da cultura da soja e redução do extrativismo vegetal, que no inicio do período era a principal economia do município.

Biografía del autor

Lidiani Carla Zerwes, Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT
Mestranda Dep. Geografia
Lunalva Moura Schwenk, Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT
Professora Doutora Dep. Geografia
Cómo citar
Carla Zerwes, L., & Moura Schwenk, L. (1). DESMATAMENTO EM MATO GROSSO: UMA ANÁLISE DO PROCESSO NO MUNICÍPIO DE BRASNORTE. Revista Geográfica De América Central, 2(47E). Recuperado a partir de https://www.revistas.una.ac.cr/index.php/geografica/article/view/2774