CARACTERIZAÇÃO GEOMORFOLÓGICA E ANÁLISE DA PRODUÇÃO DE SEDIMENTOS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PITANGUI – PR

  • Ingrid Aparecida Gomes Universidade Estadual de Ponta Grossa
  • Carla Eva Prichoa Universidade Estadual de Ponta Grossa
  • Maria Ligia Cassol Pinto Universidade Estadual de Ponta Grossa
Palabras clave: Geomorfologia, erosão, assoreamento

Resumen

A respeito do abastecimento de água as discussões e preocupações se intensificam ao longo dos anos, pois a construção de represas para fins de abastecimento, além de alterar o percurso de muitos cursos de água também desperta a atenção para a deposição de sedimentos que ocorre no fundo dos lagos, visto que os sedimentos podem comprometer a vida útil da represa. As principais causas de produção e deposição de sedimentos estão relacionadas diretamente a geomorfologia, associada ao índice de precipitação, ao tipo de cobertura vegetal e o uso do solo. No caso da bacia hidrográfica do rio Pitangui, a exposição dos solos para práticas agrícolas, exploração agropecuária e a presença de algumas moradias, relacionadas à movimentação de terra, permitem que surjam processos erosivos e consequentemente o assoreamento da Represa dos Alagados. Sendo assim, esta pesquisa tem por objetivo caracterizar geomorfológicamente a bacia hidrográfica do rio Pitangui, identificando quais os processos e agentes que contribuem para a produção de sedimentos que são depositados na Represa dos Alagados.

Cómo citar
Aparecida Gomes, I., Prichoa, C., & Cassol Pinto, M. (1). CARACTERIZAÇÃO GEOMORFOLÓGICA E ANÁLISE DA PRODUÇÃO DE SEDIMENTOS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PITANGUI – PR. Revista Geográfica De América Central, 2(47E). Recuperado a partir de https://www.revistas.una.ac.cr/index.php/geografica/article/view/2912