ESTRUTURA NORMATIVA DO ESPAÇO E CIDADANIA

Gregório Borges Machado, Gilberto Oliveira Jr

Resumen


Este artigo pretende realizar uma investigação do espaço lançando-se sobre a categoria institucional normativa, assim, propondo a análise do espaço a partir da sua estrutura normativa , como elemento do espaço. Entendendo que a partir deste elemento é possível perceber a temporalidade do espaço, e a relação da estrutura normativa do espaço como sistema de conjunto solidário aos diversos sistemas nos espaço, como fixo e como fluxo das ações presentes no espaço. Deste modo o presente trabalho busca sugerir as potencialidades de investigação do espaço a partir da estrutura normativa, a relação desta estrutura com os demais processos, buscando alcançar o espaço em sua totalidade. E ainda, enquanto possibilidade de ensino na geografia, como ponte possível entre as instâncias da geografia enquanto ciência e enquanto ensino, e como possibilidade de promoção de cidadania, ainda que cidadania mínima. A estrutura normativa é tomada neste trabalho a partir da Constituição Federal da República Federativa do Brasil de 1988, do Estatuto da Criança e do Adolescente, e do Estatuto do Idoso. A análise neste trabalho é realizada a partir do método dialético e com base em revisões bibliográficas.


Palabras clave


Educação; estrutura normativa; espaço; fixos; fluxosÇ; Constituição Federal; Estatuto; Geografia; ensino; cidadania

Texto completo:

PDF


Revista Geográfica de América Central.   ISSN Impreso: 1011-484X.   ISSN Electrónico: 2215-2563.

Sitio Web desarrollado por Área UNAWEB

Adaptación de Open Journal System