EVOLUÇÃO URBANA E QUESTÕES SOCIOAMBIENTAIS: UM ESTUDO DE CASO DA OCUPAÇÃO DAS MARGENS DO RIO AMAZONAS NO BAIRRO DE ARAXÁ, MACAPÁ, AMAPÁ BRASIL

  • Jodival Maurício-da-Costa Universidade Federal do Amapá
  • Kelvin de-Almeida-Sacramento Universidade Federal do Amapá
Palabras clave: Urbanização, planejamento urbano, estudo de caso, bairro Araxá

Resumen

O presente artigo centra-se em investigar como se configura o espaço urbano do Araxá, na cidade de Macapá, estado do Amapá, Brasil; especificamente na orla do bairro e a relação dos moradores com este ambiente. O trabalho busca estudar se as atuais propostas de intervenção que envolvem a área de estudo e as famílias que ali residem estão em consonância com o anseio da população local. Para tal, caracterizou-se a área de estudo quanto à infraestrutura urbana, fez-se entrevista com os moradores locais para caracterização dos mesmos no que diz respeito às questões socioeconômicas, além de perceber a relação dos habitantes da área com o local e se há satisfação com a atual proposta de intervenção pensada pelo Estado. Precedente à caracterização da área, estudou-se o processo de urbanização das cidades e as principais transformações no espaço amapaense, a fim de compreender o surgimento de espaços desiguais, oriundos do crescimento urbano das cidades, através de revisão bibliográfica. Concluiu-se que as atuais propostas estão dissociadas e alheias ao anseio dos envolvidos nas áreas de intervenção.

Biografía del autor

Jodival Maurício-da-Costa, Universidade Federal do Amapá
Doutor em Ciência Ambiental pela Universidade de São Paulo (USP). Professor do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Amapá (Unifap), Brasil. Jodival.costa@gmail.com. Membro do Núcleo de Estudos em Estética do Úmido – NEEU/Unifap e do Observatório das Fronteiras do Platô das Guianas – Obfron-Unifap.
Kelvin de-Almeida-Sacramento, Universidade Federal do Amapá
Arquiteto e Urbanista pela Universidade Federal do Amapá, Brasil. almeida.kelvin@hotmail.com. Membro
do Núcleo de Estudos em Estética do Úmido

Citas

Afonso, C. M. (2006). Sustentabilidade: caminho ou utopia. São Paulo: Annablume.

Araújo, C. Pinto, E. M. F., Lopes, J., Nogueira, L. y Pinto, R. (2008). Estudo de Caso. Métodos de Investigação em Educação. Instituto de Educação e Psicologia, Universidade do Minho, 2008. Disponível em: http://grupo4te.com.sapo.pt/estudo_caso.pdf.

Davis, M. (2006). Planeta Favela. Traduçao Beatriz Medina – São Paulo: Boitempo.

Ferreira, J. S. W. y Uemura, M. (2009). Ações Integradas de Urbanização de Assentamentos Precários Brasília/ São Paulo: Ministério das Cidades/Aliança de Cidades. Disponível em: http://www.capacidades.gov.br/media/doc/biblioteca/SNH003.pdf

Maricato, E. (2001). Brasil, cidades: alternativas para crise urbana – Petrópolis.

Maricato, E. (2008). Brasil, cidades: alternativa para a crise urbana. 3. ed. Petrópolis, RJ: Vozes.

Marques, H. R. (2006). Metodologia da pesquisa e do trabalho científico [et al.]. – Campo Grande: UCDB.

Mota, F. S.B. (2005). Conhecimentos para Promoção do Saneamento, Saúde e Ambiente. In: PHILIPPI JR., A. (Ed.). Saneamento, saúde e ambiente. Barueri, SP: Manole. pp 809-832.

Penna, N.A. (2003). A questão urbano ambiental: política urbana e gestão da cidade. Anais do X encontro nacional da Anpur. Disponível em: http://unuhospedagem.com.br/revista/rbeur/index.php/anais/article/ view/2048/2008.

Santos, E. C. (2010). A Modernização do Centro Antigo de Macapá (1943/2005): Políticas Públicas desmemoriadas e superficiais. Dissertação de Mestrado. Universidade Estadual do Ceará.

Publicado
2016-05-19
Cómo citar
Maurício-da-Costa, J., & de-Almeida-Sacramento, K. (2016). EVOLUÇÃO URBANA E QUESTÕES SOCIOAMBIENTAIS: UM ESTUDO DE CASO DA OCUPAÇÃO DAS MARGENS DO RIO AMAZONAS NO BAIRRO DE ARAXÁ, MACAPÁ, AMAPÁ BRASIL. Revista Geográfica De América Central, 1(56), 289-305. https://doi.org/10.15359/rgac.1-56.12
Sección
Estudios de Caso (Evaluados por pares)