O ROTEIRO DE TURISMO RURAL “DOCE IGUASSU”, MUNICÍPIO DE CAPANEMA – PARANÁ – BRASIL: GÊNESE E DESENVOLVIMENTO

  • Luciano Zanetti Pessôa Candiotto Francisco Beltrão – PR
Palabras clave: Roteiro de Turismo, Territorialização do turismo, Capanema.

Resumen

Os roteiros de turismo no espaço rural vêm crescendo significativamente no Brasil nos últimos 10 anos. Apreender a gênese e o desenvolvimento de alguns roteiros turísticos no estado do Paraná vem sendo uma de nossas preocupações como geógrafos. Nesse sentido, esse texto discute o surgimento do Roteiro de Turismo Rural “Doce Iguassu”, considerando os estabelecimentos, a gestão de Roteiro e as principais ações realizadas. Através de trabalhos de campo e entrevistas com os gestores do Roteiro e com proprietários de estabelecimentos, procuramos verificar como surgiu esse roteiro turístico, quais as instituições e atores envolvidos, e quais as principais ações realizadas. Pelo fato do turismo rural ser embrionário no município, o Roteiro pesquisado foi de suma importância para a territorialização do turismo em Capanema. Por sua vez, Capanema apresenta potencial turístico, em virtude do Rio Iguaçu e do limite com o Parque Nacional do Iguaçu. Utilizando a metodologia de nossa tese de doutorado (CANDIOTTO, 2007), procuramos apreender o processo de territorialização do turismo em Capanema.

Biografía del autor/a

Luciano Zanetti Pessôa Candiotto, Francisco Beltrão – PR
Professor do curso de Geografia da Unioeste, campus de Francisco Beltrão – PR
Cómo citar
Zanetti Pessôa Candiotto, L. (1). O ROTEIRO DE TURISMO RURAL “DOCE IGUASSU”, MUNICÍPIO DE CAPANEMA – PARANÁ – BRASIL: GÊNESE E DESENVOLVIMENTO. Revista Geográfica De América Central, 2(47E). Recuperado a partir de https://www.revistas.una.ac.cr/index.php/geografica/article/view/1870