ANÁLISE DOS PRINCÍPIOS COOPERATIVISTAS NO NOROESTE DO PARANÁ - BRASIL

  • Jean Felipe de Bona Stahlhoefer Universidade Estadual de Maringá.
  • Julia Marcon Costa Stahlhoefer Universidade Estadual de Maringá.
  • Eduardo Simões Florio de Oliveira Universidade Estadual de Maringá.
Palabras clave: Cooperativismo, reforma agrária, assentamento coletivo.

Resumen

Cooperativismo e Reforma Agrária são dois termos usados frequentemente na agricultura brasileira como modelo de desenvolvimento agrário e acesso à produção. Estudando o histórico da Reforma Agrária no Brasil, a colonização do noroeste do Paraná, os assentamentos coletivos e os princípios do cooperativismo, buscamos fazer um estudo de caso para entender como a COPAVI (Cooperativa de Produção Agroindustrial Vitória) cumpre com seu papel como órgão representante dos assentados coletivos da Reforma Agrária no sul do Brasil e se respeita ou não os princípios cooperativistas. Além da revisão bibliográfica, foram realizados trabalhos de campo e conversas com os administradores da cooperativa para entendermos seu perfil e seu funcionamento.

 

Biografía del autor

Jean Felipe de Bona Stahlhoefer, Universidade Estadual de Maringá.
Bolsista de Iniciação Científica da CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico). Universidade Estadual de Maringá.
Julia Marcon Costa Stahlhoefer, Universidade Estadual de Maringá.
Universidade Estadual de Maringá.
Eduardo Simões Florio de Oliveira, Universidade Estadual de Maringá.
Universidade Estadual de Maringá.
Cómo citar
de Bona Stahlhoefer, J., Costa Stahlhoefer, J., & Florio de Oliveira, E. (1). ANÁLISE DOS PRINCÍPIOS COOPERATIVISTAS NO NOROESTE DO PARANÁ - BRASIL. Revista Geográfica De América Central, 2(47E). Recuperado a partir de https://www.revistas.una.ac.cr/index.php/geografica/article/view/2407