ANÁLISE DE EFETIVIDADE DE MANEJO DO GEOPARK ARARIPE – BRASIL

  • Andrea César da Silveira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – IFCE, Brasil
  • Adeildo Cabral da Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – IFCE, Brasil.
  • Nájila Rejanne Alencar Julião Cabral Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – IFCE, Brasil.
  • Alexandre Schiavetti Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC, Brasil.
Palabras clave: Chapada do Araripe, recursos naturais, áreas protegidas

Resumen

A criação de Geoparks é uma estratégia de proteção dos recursos naturais adotada pela UNESCO. Seus objetivos permitem compatibilizar a conservação do patrimônio natural, notadamente o geológico, e cultural do seu território, ao mesmo tempo em que impulsiona o desenvolvimento sustentável local. Os Geoparks são avaliados a cada quatro anos sob pena de perder a chancela da UNESCO, caso não cumpram os requisitos exigidos. Portanto, um manejo efetivo do Geopark permitirá o cumprimento dos seus objetivos. O Brasil possui um Geopark, o Geopark Araripe, localizado no Estado do Ceará, na Região Nordeste do País. Este trabalho tem como objetivos: analisar a efetividade de manejo do Geopark Araripe; testar uma adaptação da metodologia de efetividade de manejo para o caso do Geopark Araripe; avaliar qual âmbito está mais efetivo e qual está menos efetivo; comparar o seu grau de efetividade de manejo com outras áreas protegidas; e propor medidas para aumentar sua efetividade. Foi utilizada adaptação da metodologia para medição da efetividade de manejo de áreas protegidas elaborada por Cifuentes et al (2000). Depois de analisadas 45 variáveis, a análise de manejo do Geopark Araripe resultou em 60,9% do seu total ótimo, classificando-se como Medianamente Satisfatória.  A análise desses resultados evidencia que muitas metas encontram-se regulares e, portanto, ainda precisam ser alavancadas.

Biografía del autor

Andrea César da Silveira, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – IFCE, Brasil
Cientista Social, Mestranda em Tecnologia e Gestão Ambiental, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – IFCE, Brasil
Adeildo Cabral da Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – IFCE, Brasil.

Geógrafo, Prof. Dr. do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – IFCE, Brasil.

Nájila Rejanne Alencar Julião Cabral, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – IFCE, Brasil.

Arquiteta/urbanista, Profa. Dra. do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – IFCE, Brasil.

Alexandre Schiavetti, Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC, Brasil.

Ecólogo, Prof. Dr. do Departamento de Ciências Agrárias e Ambientais, Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC, Brasil.

Cómo citar
César da Silveira, A., da Silva, A., Alencar Julião Cabral, N., & Schiavetti, A. (1). ANÁLISE DE EFETIVIDADE DE MANEJO DO GEOPARK ARARIPE – BRASIL. Revista Geográfica De América Central, 2(47E). Recuperado a partir de https://www.revistas.una.ac.cr/index.php/geografica/article/view/2475