DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL E SUSTENTABILIDADE NO SEMI-ÁRIDO DA BAHIA - BRASIL: ANÁLISE DAS POLÍTICAS EDUCACIONAIS E DO ENSINO AGRÍCOLA NO TERRITÓRIO DE IRECÊ

  • Heron Ferreira Souza Universidade do Estado da Bahia – UNEB, Unicamp. do Instituto Federal da Bahia, Campus Barreiras.
  • Davi Silva da Costa Universidade Federal da Bahia – UFBA. do Campo pela Universidade Federal de Paraíba – UFPB. pela UFBA. Instituto Federal Baiano, Campus Bom Jesus da Lapa.
Palabras clave: Desenvolvimento Territorial, Sustentabilidade, Políticas Educacionais

Resumen

O trabalho buscou analisar a relação desenvolvimento sustentável, território e políticas educacionais. Discutiu-se a territorialidade da escola agrotécnica de Irecê, procurando compreender sua contribuição para a promoção do desenvolvimento e da sustentabilidade do território. Analisaram-se os pressupostos estruturais que deram sustentação e direcionamento ao desenvolvimento do ensino agrotécnico no Brasil e seus reflexos às racionalidades da Política Estadual de Educação para tal modalidade no Estado da Bahia. Evidenciou-se a influência dos discursos ambientalistas global e nacional à elaboração das Diretrizes Curriculares do Ensino Agrícola no Estado da Bahia na década de 1990 e os desafios, contradições e conflitos no processo de materialização dessas orientações curriculares. Desta forma, através da abordagem territorial, verificaram-se os reflexos de tais racionalidades políticas e institucionais para o território. A análise esteve calcada na dialética materialista e histórica, cuja abordagem teve um cunho qualitativo. Ficou evidente a necessidade de: articulação mais direta entre a escola agrotécnica e as políticas de desenvolvimento territorial; repensar a relação escola-comunidade, a fim de abarcar o meio rural como elemento pedagógico; e que a territorialidade da escola agrotécnica esteve historicamente atrelada a racionalização do capital do campo, cujo espaço vivido permitiu a estruturação de algumas práticas alternativas.

Biografía del autor

Heron Ferreira Souza, Universidade do Estado da Bahia – UNEB, Unicamp. do Instituto Federal da Bahia, Campus Barreiras.

Professor,  Licenciado em Geografia pela Mestre em

Educação e Contemporaneidade pela UNEB

Doutorando em Educação

 

Davi Silva da Costa, Universidade Federal da Bahia – UFBA. do Campo pela Universidade Federal de Paraíba – UFPB. pela UFBA. Instituto Federal Baiano, Campus Bom Jesus da Lapa.
Especialista em Agricultura Familiar e Educação, Engenheiro Agrônomo, Mestre em Cultura e Sociedade, Professor
Cómo citar
Ferreira Souza, H., & Silva da Costa, D. (1). DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL E SUSTENTABILIDADE NO SEMI-ÁRIDO DA BAHIA - BRASIL: ANÁLISE DAS POLÍTICAS EDUCACIONAIS E DO ENSINO AGRÍCOLA NO TERRITÓRIO DE IRECÊ. Revista Geográfica De América Central, 2(47E). Recuperado a partir de https://www.revistas.una.ac.cr/index.php/geografica/article/view/2595