PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL: PRÁTICA SOCIAL UTILIZADA PARA MANUTENÇÃO DO PODER POLÍTICO

  • Georgia Patrícia da Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima – IFRR
  • Sérgio Figueiredo Ferretti Universidade Federal do Maranhão – UFMA
  • Sílvia Bernardo Universidade Federal do Maranhão
  • Wendri da Silva Lisboa Universidade Federal do Maranhão
Palabras clave: Poder político, Patrimônio, Preservação, Centro Histórico

Resumen

Este trabalho se situa na continuidade do debate incitado por vários estudiosos sobre as metamorfoses dos centros históricos. Procura-se enunciar algumas contradições entre discursos e práticas manifestadas na cidade de São Luís - MA tendo como pano de fundo o protagonismo do programa de revitalização versus atuação do poder público sobre o legado cultural. O objetivo principal consistiu em analisar como determinados políticos se apropriaram da questão da proteção do patrimônio histórico-cultural. Os temas referentes a (re)apropriação das áreas centrais antigas adquiriram na atualidade incontestável relevância. Na maioria das vezes, os resultados das intervenções nos centros antigos são apresentados como fatos que só têm lado positivo, já que, o movimento que seleciona a “memória oficial”, escolhida por governos em nome da tradição dá supremacia para a valorização do acervo cultural arquitetônico. Do ponto de vista teórico-metodológico, a pesquisa é de caráter exploratório permeada pela interdisciplinaridade. Foram consultados documentos institucionais relativos ao programa de preservação, partindo para identificação de fatos, e estratégias desveladas para sua implementação. Percebeu-se que a prática preservacionista funcionou, um lócus privilegiado, de oportunidades de investimentos rentáveis ao poder político, o que acabou resultando em novas configurações urbanas com a manutenção do status quo de determinados indivíduos.

Biografía del autor

Georgia Patrícia da Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima – IFRR
Doutora em Políticas Públicas UFMA/IFRR. Professora e Pesquisadora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima
Sérgio Figueiredo Ferretti, Universidade Federal do Maranhão – UFMA
Doutor em Antropologia- UFMA . Professor e Pesquisador da Universidade Federal do Maranhão – UFMA
Sílvia Bernardo, Universidade Federal do Maranhão
Mestranda em Educação. Professora da Faculdade Atual da Amazônia
Wendri da Silva Lisboa, Universidade Federal do Maranhão
Especialista em Gestão Empresarial
Cómo citar
da Silva, G., Figueiredo Ferretti, S., Bernardo, S., & da Silva Lisboa, W. (1). PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL: PRÁTICA SOCIAL UTILIZADA PARA MANUTENÇÃO DO PODER POLÍTICO. Revista Geográfica De América Central, 2(47E). Recuperado a partir de https://www.revistas.una.ac.cr/index.php/geografica/article/view/2602