A IMPORTÂNCIA DA CONSERVAÇÃO/PRESERVAÇÃO AMBIENTAL DA FLORESTA NACIONAL DO ARARIPE PARA A REGIÃO DO CARIRI – CEARÁ/BRASIL.

  • Cícera Cecília Esmeraldo Alves Universidade Federal do Ceará-UFC
  • Lireida Maria Albuquerque Bezerra Universidade Regional do Cariri-URCA
  • Ana Carolina da Costa Matias Fundação Mussambê
Palabras clave: Floresta, Conservação e Preservação

Resumen

A pesquisa objetiva diagnosticar a importância da conservação e preservação ambiental da FLONA ARARIPE, para a região do Cariri Cearense, por apresentar uma biodiversidade e ecossistemas que contribuem para a sustentabilidade hidrológica, ecológica e edáfica do Complexo Sedimentar do Araripe. Primeira floresta criada no Brasil, através do decreto Nº 9.226, de 02 de maio de 1946, localiza-se no topo da Chapada do Araripe – centro da Região Nordeste do Brasil, no extremo sul do estado do Ceará. Com base no diagnóstico da área, através de visitas na área e análise das imagens de satélites, a FLONA vem apresentando mudanças na sua paisagem natural, devido algumas ações de degradação ambiental, desmatamentos, queimadas, extrativismos, especulação imobiliária dentre outros. Sendo gerida pelo Instituto Chico Mendes de Conservação para a Biodiversidade, este detém um número mínimo de recursos humanos para acompanhar e fiscalizar 38.262 hectares de área. Nesse sentido, é de suma importância a execução do seu plano de manejo, práticas educativas que garantam a conservação/preservação ambiental desse território.

Biografía del autor

Cícera Cecília Esmeraldo Alves, Universidade Federal do Ceará-UFC
Doutoranda do Curso de Geografia
Lireida Maria Albuquerque Bezerra, Universidade Regional do Cariri-URCA
Professora do Departamento de Geociências
Ana Carolina da Costa Matias, Fundação Mussambê
Geógrafa
Cómo citar
Esmeraldo Alves, C., Albuquerque Bezerra, L., & da Costa Matias, A. (1). A IMPORTÂNCIA DA CONSERVAÇÃO/PRESERVAÇÃO AMBIENTAL DA FLORESTA NACIONAL DO ARARIPE PARA A REGIÃO DO CARIRI – CEARÁ/BRASIL. Revista Geográfica De América Central, 2(47E). Recuperado a partir de https://www.revistas.una.ac.cr/index.php/geografica/article/view/2744