GEOGRAFIA ESCOLAR PARA UMA EDUCAÇÃO SOCIOAMBIENTALMENTE CIDADÃ

  • Valdir Nogueira Universidade Federal de Santa Maria
  • Sônia Maria Marchiorato Carneiro Universidade Federal do Paraná.
Palabras clave: Educação Geográfica, formação da consciência espacial cidadã, ensino fundamental, educação para cidadania socioambiental

Resumen

O objetivo deste trabalho, fruto de tese de doutorado em Educação, é enfocar as contribuições da Geografia escolar, na educação básica, quanto à formação da consciência espacial cidadã em torno da sustentabilidade socioambiental planetária, mediante um recorte diagnóstico do ensino de  Geografia em nível fundamental. A pesquisa é estudo de caso, numa escola da rede pública do ensino (6ª. -8ª. séries) de Barra Velha, Santa Catarina, Sul do Brasil; os dados foram levantados por meio de entrevistas semi-estruturadas com o docente e alunos, observações diretas das aulas, questionário com o docente e análise documental. O tratamento dos dados embasou-se no método de análise de conteúdos, trazendo resultados em torno da construção do saber geográfico na escola. O aporte teórico parte do seguinte pressuposto fundamental: o ensino e a aprendizagem de Geografia, na educação básica, é um processo de construção da espacialidade em sua dinâmica relacional, local e global, de organização e mudança através da ação dos cidadãos em seus espaços de vida e, nesse sentido, põe-se a importância de uma Educação Geográfica em vista da qualidade das condições de vida das sociedades hodiernas e futuras.

Cómo citar
Nogueira, V., & Marchiorato Carneiro, S. (1). GEOGRAFIA ESCOLAR PARA UMA EDUCAÇÃO SOCIOAMBIENTALMENTE CIDADÃ. Revista Geográfica De América Central, 2(47E). Recuperado a partir de https://www.revistas.una.ac.cr/index.php/geografica/article/view/2867