TÉCNICAS DE GEOPROCESSAMENTO APLICADAS À DELIMITAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DAS ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE (APPs) DOS CURSOS D’ÁGUA DA BACIA HIDROGRÁFICA DO CÓRREGO OLHOS D’ÁGUA NO MUNICÍPIO DE UBERLÂNDIA (MG) - BRASIL

  • Hérica Leonel de Paula Ramos Oliveira Universidade Federal de Uberlândia – UFU – Brasil
  • Ângela Maria Soares Universidade Federal do Triângulo Mineiro – UFTM – Brasil
  • Luiz Nishiyama Universidade Federal de Uberlândia – UFU - Brasil
Palabras clave: MUNICÍPIO DE UBERLÂNDIA, ÁREAS DE PRESERVAÇÃO

Resumen

As Áreas de Preservação Permanente foram instituídas para preservar o meio ambiente, devendo estar cobertas pela vegetação natural. Esta cobertura vegetal minimiza os impactos negativos ao meio ambiente, como processos erosivos, lixiviação dos solos, assoreamento de cursos d’água, contribuindo assim, para a regularização do fluxo hídrico. De outra forma, com a ausência dessa cobertura vegetal ocorre-se aceleradamente a degradação ambiental.

Biografía del autor

Hérica Leonel de Paula Ramos Oliveira, Universidade Federal de Uberlândia – UFU – Brasil
Geógrafa - Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Geografia
Ângela Maria Soares, Universidade Federal do Triângulo Mineiro – UFTM – Brasil
Geógrafa - Professora Adjunta
Luiz Nishiyama, Universidade Federal de Uberlândia – UFU - Brasil
Geólogo – Professor Adjunto
Cómo citar
de Paula Ramos Oliveira, H., Soares, Ângela, & Nishiyama, L. (1). TÉCNICAS DE GEOPROCESSAMENTO APLICADAS À DELIMITAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DAS ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE (APPs) DOS CURSOS D’ÁGUA DA BACIA HIDROGRÁFICA DO CÓRREGO OLHOS D’ÁGUA NO MUNICÍPIO DE UBERLÂNDIA (MG) - BRASIL. Revista Geográfica De América Central, 2(47E). Recuperado a partir de https://www.revistas.una.ac.cr/index.php/geografica/article/view/3143