A EVOLUÇÃO DO ENSINO SUPERIOR BRASILEIRO E A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE GEOGRAFIA

  • Núria Hanglei Cacete Universidade de São Paulo
Palabras clave: ensino superior brasileiro, cursos de formação docente, licenciatura em Geografia.

Resumen

Neste trabalho pretendemos analisar a evolução do ensino superior brasileiro e sua relação com o estabelecimento dos modelos  de formação do professor de Geografia, buscando demonstrar que o estabelecimento desses modelos  não resulta apenas de políticas educacionais no campo curricular, mas de uma combinação dessas políticas e das características assumidas pelo ensino superior brasileiro em  seu processo de expansão e consolidação. Tomamos como marco histórico os anos 1930 quando a formação de professores foi elevada a nível superior com a criação das faculdades de filosofia. É nos anos 1950 que a formação do professor de Geografia separa-se do curso de História que até então formava conjuntamente esses profissionais. Em 1960 ocorre outra mudança  com a criação das licenciaturas curtas em Estudos Sociais capitaneada pela forte expansão e mercantilização da educação superior brasileira. Nos anos de 1990 um novo modelo de formação do professor de Geografia se estabelece em consonância com a reforma do ensino superior no país.

Biografía del autor/a

Núria Hanglei Cacete, Universidade de São Paulo
Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Cómo citar
Hanglei Cacete, N. (1). A EVOLUÇÃO DO ENSINO SUPERIOR BRASILEIRO E A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE GEOGRAFIA. Revista Geográfica De América Central, 2(47E). Recuperado a partir de https://www.revistas.una.ac.cr/index.php/geografica/article/view/2659