TERRAS CAÍDAS E CONSEQUÊNCIAS SOCIAIS NA COSTA DO MIRACAUERA, MUNICÍPIO DE ITACOATIARA- AMAZONAS, BRASIL

  • José Alberto Lima de Carvalho Universidade Federal do Amazonas
  • Sandra Baptista da Cunha Universidade Federal do Amazonas
Palabras clave: terras caídas, ribeirinho, planície de inundação

Resumen

Terras caídas é um termo regional usado para designar erosão lateral nas margens do rio Amazonas. É um fenômeno natural responsável pelas principais mudanças na paisagem ribeirinha e por sérios transtornos aos moradores. O trabalho apresenta uma análise interpretativa desse fenômeno e de como ele afeta a vida dos moradores ribeirinhos. O trabalho foi realizado em um trecho de 9 km na margem esquerda do Paraná da Trindade, onde predominam pequenas propriedades. A pesquisa consiste em monitoramento do recuo da margem, registro fotográfico e entrevistas com moradores. As principais contribuições geográficas do trabalho consistem em demonstrar as consequências sociais vividas pelos moradores do local tais como: a diminuição e desvalorização das propriedades, perda de plantações e de canoas, necessidade constante de mudança das casas, dificuldade de embarque e desembarque em razão do barranco íngreme, risco de morte na margem do rio, principalmente durante lavagem de roupa, entre outras implicações.

Cómo citar
Lima de Carvalho, J., & Baptista da Cunha, S. (1). TERRAS CAÍDAS E CONSEQUÊNCIAS SOCIAIS NA COSTA DO MIRACAUERA, MUNICÍPIO DE ITACOATIARA- AMAZONAS, BRASIL. Revista Geográfica De América Central, 2(47E). Recuperado a partir de https://www.revistas.una.ac.cr/index.php/geografica/article/view/2949