ESPAÇOS LIVRES PÚBLICOS NAS CIDADES BRASILEIRAS

  • Vanderli Custódio Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo
  • Ana Cecília de Arruda Campos Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo.
  • Sílvio Soares Macedo Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo.
  • Eugenio Fernandes Queiroga Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo.
Palabras clave: espaços livres, espaço urbano, cidade.

Resumen

Objetivos: as reflexões apresentadas são os primeiros resultados do projeto temático de pesquisa intitulado “Os sistemas de espaços livres e a constituição da esfera pública contemporânea no Brasil – QUAPÁ-SEL”. A investigação, sediada na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP), conta com a participação de diversos laboratórios e grupos de pesquisadores de instituições públicas e privadas de todo o Brasil, sobretudo arquitetos e geógrafos. O objetivo principal é verificar as transformações dos espaços livres públicos de cidades brasileiras no contexto da dinâmica dos processos socioeconômicos e da realização da esfera pública. Métodos: foram realizadas 22 oficinas de trabalho em cidades de diferentes portes em todas as regiões do país. Nelas realizamos seminário e reconhecimento de campo. Aportes principais: os espaços livres urbanos, de propriedade pública ou privada, com livre acessibilidade, como ruas, calçadas, parques, praças; espaços livres corporativos e institucionais, ou mesmo trechos urbanos reconhecidos pelas intensas atividades de convívio, são potenciais realizadores da esfera de vida pública, entendida como a possibilidade do encontro e da diversidade. O Poder Público tem significativo papel na produção de novos espaços livres destinados ao convívio e lazer, no entanto há sérios conflitos de gestão e apropriação.

Biografía del autor

Vanderli Custódio, Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo
Profa. Dra. do Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo (Área Temática de Geografia). 
Ana Cecília de Arruda Campos, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo.
Pesquisadora do Laboratório da Paisagem, da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo.
Sílvio Soares Macedo, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo.
Prof. Dr. da Área de Paisagem e Ambiente da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. 
Eugenio Fernandes Queiroga, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo.
Prof. Dr. da Área de Paisagem e Ambiente da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. 
Cómo citar
Custódio, V., de Arruda Campos, A., Soares Macedo, S., & Fernandes Queiroga, E. (1). ESPAÇOS LIVRES PÚBLICOS NAS CIDADES BRASILEIRAS. Revista Geográfica De América Central, 2(47E). Recuperado a partir de https://www.revistas.una.ac.cr/index.php/geografica/article/view/2201