ANÁLISE INTEGRADA DE ÁREAS AGRÍCOLAS, A PARTIR DA PERSPECTIVA GEOSSISTÊMICA: CONTRIBUIÇÃO PARA GESTÃO DE CONFLITOS AMBIENTAIS

  • Alcides Cristiano Severo Morais Universidade Federal de Pelotas – Brasil.
  • Rosangela Lurdes Spironello Universidade Federal de Pelotas – Brasil.
  • Júlio José Silva Centeno da Eng. Agrôn. Ph.D. Pesquisador da Embrapa Clima Temperado – Brasil.
Palabras clave: Análise integrada, Conflitos conceituais, Gestão ambiental, Agricultura.

Resumen

As diretrizes para a gestão ambiental na zona costeira brasileira podem ser percebidas no Plano Nacional de Gerenciamento Costeiro. Porém, os debates envolvendo a questão agrícola necessitam ser ampliados, pois estão sendo identificados conflitos ambientais decorrentes do emprego errôneo de conceitos e definições relacionados à classificação geomorfológica das zonas costeiras. O presente trabalho analisa a partir da perspectiva geossistêmica, a influência dos diferentes conceitos e definições geomorfológicos relacionados as zonas costeiras, no conflito envolvendo a preservação ambiental e a produção agrícola. A proposta de estudo encontra-se embasada numa análise integrada dos elementos que constituem o geossistema. Nesta perspectiva, a análise e o planejamento do espaço geográfico, contribuem para a definição do uso da terra, a gestão de conflitos, assim como orientar a aplicação de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento regional sustentável.

Biografía del autor

Alcides Cristiano Severo Morais, Universidade Federal de Pelotas – Brasil.
Graduando em Geografia Bacharelado – Universidade Federal de Pelotas – Brasil.
Rosangela Lurdes Spironello, Universidade Federal de Pelotas – Brasil.

Geógrafa Dra. Profa. Universidade Federal de Pelotas – Brasil.

Júlio José Silva Centeno da, Eng. Agrôn. Ph.D. Pesquisador da Embrapa Clima Temperado – Brasil.
Eng. Agrôn. Ph.D. Pesquisador da Embrapa Clima Temperado – Brasil.
Cómo citar
Severo Morais, A., Spironello, R., & Silva Centeno da, J. (1). ANÁLISE INTEGRADA DE ÁREAS AGRÍCOLAS, A PARTIR DA PERSPECTIVA GEOSSISTÊMICA: CONTRIBUIÇÃO PARA GESTÃO DE CONFLITOS AMBIENTAIS. Revista Geográfica De América Central, 2(47E). Recuperado a partir de https://www.revistas.una.ac.cr/index.php/geografica/article/view/2454