ESPAÇOS/TEMPOS COTIDIANOS E REPRESENTAÇÕES DE PROFESSORES E ALUNOS: O LUGAR COMO REFERÊNCIA PARA O ESTUDO DA GEOGRAFIA

  • Rafael Tiago dos Santos Silva Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)
  • Tusnelda Cristina Macedo Nunes Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)
  • Amanda Regina Gonçalves Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)
Palabras clave: educação, cotidiano, experiência, representações

Resumen

Estudos recentes no campo da educação geográfica têm revelado a importância de se considerar os elementos sócio-espaciais cotidianos dos sujeitos do processo de ensino  como referência para a prática de ensino/aprendizagem de geografia. Este trabalho objetiva apresentar a importância de estudos sobre as memórias, as territorialidades e identidades que envolvem uma escola pública localizada no município de Uberaba/MG/Brasil e seu entorno espacial, de maneira que se produzam conhecimentos sobre a localidade a serem trabalhados junto aos seus alunos. Serão trazidas representações de uma professora de geografia sobre estas questões e relatos de experiências de atividades realizadas com alunos, que tratem do estudo de temáticas locais. O foco do estudo está em recuperar o fato de que estudar as singularidades de um lugar possibilita a compreensão crítica dos elementos políticos, econômicos, culturais e ambientais deste espaço e a criação de solidariedade e laços culturais e de identidade, bem como reconhecer a  existência de uma cultura escolar, que demonstra que a escola deixa de ser somente o lugar da rotina e da inércia, mas um lugar de saberes específicos e circunstanciados.

Biografía del autor

Rafael Tiago dos Santos Silva, Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)
Aluno do Curso de Geografia
Tusnelda Cristina Macedo Nunes, Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)
Aluna do Curso de Geografia
Amanda Regina Gonçalves, Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)
Professora do Curso de Geografia
Cómo citar
Tiago dos Santos Silva, R., Macedo Nunes, T., & Gonçalves, A. (1). ESPAÇOS/TEMPOS COTIDIANOS E REPRESENTAÇÕES DE PROFESSORES E ALUNOS: O LUGAR COMO REFERÊNCIA PARA O ESTUDO DA GEOGRAFIA. Revista Geográfica De América Central, 2(47E). Recuperado a partir de https://www.revistas.una.ac.cr/index.php/geografica/article/view/2759